Marketing Digital

Como segmentar a audiência na Comunicação Católica

Como segmentar audiência na Comunicação Católica

Fazer Comunicação Católica comunicando e produzindo bons conteúdos nos dias atuais é de extrema importância. Com a quantidade de informações disponíveis no meio digital e em tantos outros canais, as pessoas estão mais criteriosas sobre o que merece a atenção delas. 

No contexto desta economia da atenção, as pessoas esperam sempre conteúdos mais direcionados para seus interesses ou necessidades. É exatamente neste ponto que surge a importância de segmentar a comunicação. Você já organiza seus contatos com essa ideia, ou pensa conteúdos focados em diferentes segmentações?

apresentamos aqui no blog boas práticas da comunicação católica digital, onde conhecer o perfil do público – as nossas personas – é muito importante na hora de pensar conteúdos. Essa clareza sobre as personas auxilia no processo de enxergar a audiência de forma clara, entender sua forma de consumir conteúdos e criar segmentações apropriadas para cada público. As segmentação auxiliam a planejar diferentes estratégias de relacionamento com os dizimistas.

Os dizimistas são um perfeito exemplo da importância da segmentação. Você provavelmente comunica-se com todos da mesma forma, certo? Temos certeza, porém, que se você diferenciasse as mensagens para quem devolve todo mês, daqueles que não devolvem a três meses, um ano ou mesmo que nunca devolveram os resultados seriam bem mais expressivos. As segmentação auxiliam a planejar diferentes estratégias de relacionamento com os dizimistas.

Uma dúvida que você pode estar levantando, porém, é como criar e organizar essas segmentações. Vamos ver?

Como segmentar audiência na comunicação católica

Como segmentar audiência na Comunicação Católica

Quando falamos em segmentação é necessário pensar em separação. Precisamos revisitar o conceito de personas e ligá-las (ou afastá-las) pelas similaridades e diferenças no tipo e forma de conteúdo que elas consomem.

Adolescentes que estão na formação catequética, ou que frequentam os grupos de jovens consomem provavelmente mais conteúdo de formação no formato digital do que pessoas mais velhas que frequentam as Pastorais. 

Esses últimos podem optar por um conteúdo que até pode ser digital, mas que traz um caráter reflexivo diferente do focado nos jovens.

A clareza sobre diferenças e similaridades nas preferências de conteúdo e no formato de consumi-lo, como o exemplo acima, permite que a Pascom crie e veicule conteúdos específicos e direcionados para diferentes segmentações. 

A entrega destes conteúdos pode usar vários canais que disponibilizam diferentes métricas de sucesso, ou que, ao não trazer métricas apuradas, pelo menos usam ferramentas gratuitas que introduzem o agente da Pascom a este ambiente de boas práticas na produção de conteúdo.

Entregando conteúdos segmentados

Entregando conteúdos segmentados para sua audiência

  • Lista de Transmissão por interesse ou serviço no meio eclesial

As listas de transmissão do WhatsApp são muito úteis, pois enviam mensagens em massa sem a necessidade de criação de grupos. Com este recurso, todos recebem informações individualmente e tem a opção de responder de forma privada também. Trata-se de uma forma acessível da sua Pascom distribuir informações para as pessoas e, se quiser aprender como criar uma lista, pode usar este tutorial do próprio WhatsApp!

  • Grupos no Facebook

Uma opção um pouco difícil de operar caso a caso, mas que pode iniciar uma cultura de segmentação de conteúdos são os já conhecidos grupos de Facebook, onde é possível reunir pessoas em um mesmo contexto ou momento, como fiéis em formação ou mesmo grupos de jovens que estão mais propensos a discutir diversos assuntos e compartilhar conteúdos relativos à sua vida eclesial ou formativa.

  • Listas de contatos na plataforma de e-mail marketing

A utilização de uma plataforma de e-mail traz uma ferramenta potente para comunicar com os fiéis de forma segmentada e até mesmo afinar as segmentações existentes. 

Isso é possível porque este recurso, diferente dos demais, traz mais métricas relacionadas aos envios, como taxa de e-mails entregues e taxas de abertura de e-mails (e-mails lidos) pelas pessoas. 

Outro benefício que otimiza o trabalho da Pascom é que esta ferramenta também traz modelos prontos que podem ser editados para enviar comunicações de forma mais ágil.

Facilitando a comunicação para segmentos específicos de clientes, a ferramenta de e-mail marketing disponibilizada pela Parresia, por exemplo, permite à Pascom trabalhar com listas de fiéis que podem ser construídas separadas por interesse ou por funções na Igreja, por exemplo, e traz excelente custo/benefício. 

Conheça a plataforma de e-mail da Parresia aqui!

Geolocalizador e notificações push no aplicativo

  • Geolocalizador e notificações push no aplicativo

A segmentação de públicos torna-se ainda mais poderosa com a utilização de recursos oferecidos pelos aplicativos católicos, que trazem também outros benefícios que tornam esta tecnologia grande aliada da comunicação católica em um contexto de grande transformação. 

Para ler todos os benefícios, leia nosso texto Aplicativos Católicos: tudo o que você precisa saber

No contexto das segmentações de comunicações, um dos recursos mais poderosos é o envio de notificações baseadas na localização das pessoas que tem o app instalado e que autorizaram o acesso a esta informação. Com ela, é possível escolher enviar uma informação, convite ou notificação para pessoas que estejam a uma certa distância da instituição, ou bairros afastados, por exemplo. 

Outra possibilidade oferecida pelo aplicativo e que enriquece as possibilidades de segmentação é a aplicação de pesquisas de mapeamento de interesses, cujas respostas podem ser baixadas posteriormente pela instituição para pautar mais ações. 

Estes recursos, integrados a outros, podem transformar a formação pastoral e levar novas formas de experiências na evangelização. Um exemplo disso, é a possibilidade de notificarmos os usuários com um lembrete sobre a Santa Missa que irá começar, ou a respeito de uma formação ou ação comunitária que acontecerá em um local específico.

Como demonstramos, a segmentação da audiência para a comunicação católica é muito importante para que os públicos da Igreja, tão diferentes em idade e preferências, possam ter uma experiência assertiva e relevante em suas particularidades. 

Neste contexto, o apoio de ferramentas como e-mail marketing e aplicativo ajudam muito na comunicação segmentada e, se você quiser entender melhor como essas ferramentas se encaixam no momento da sua Igreja, pode mandar um olá para nosso WhatsApp! Teremos todo o prazer em ajudá-los!

Convite grupo WhatsApp